quarta-feira, 22 de junho de 2011

Por que A Mãe Livre?

Resolvi fazer esse Blog para compartilhar algumas coisas sobre essa experiência maravilhosa que é ser mãe.
Tudo começa quando a mulher engravida. A gente ouve cada coisa!!!! Só quem passa é que sabe né?!
Mas depois o bebê nasce e a coleção de ''pérolas'' vai aumentando, aumentando e quando a gente percebe  nossa cabeça virou um emaranhando de informações que só nos atrapalha.

Não sei se isso acontece só com Mãe de 1ª viagem mas todo mundo tem um palpite, uma dica, uma história, "um causo" e é muito legal ouvir a experiência dos outros mas PRECISAMOS FILTRAR tudo o que ouvimos.
E não é preciso ter 20 filhos pra saber que INTUIÇÃO de mãe raramente falha. Tendo 1 ou 20 filhos a gente ganha junto com o bebê uma voz interior que está diretamente ligada ao nosso filho. Ela sabe o que fazer na hora certa. O tempo, claro, aprimora essa voz  e quando menos percebemos já conseguimos distinguir um choro do outro, traduzir os gestos e até prever o que vai acontecer. É muito importante ouvir nossa intuição.
Eu acredito muito na INDIVIDUALIDADE por isso não pretendo usar esse espaço como guia ou manual de instruções. Cada bebê é único e ponto final!
O que funcionou para mim quando bebê, pode não funcionar para o meu filho. Alguns problemas são os mesmos: choro sem motivo aparente, cólicas, febres, reações de vacinas, dentição, etc... mas a SOLUÇÃO que encontrei pode não ser a mesma que você vai encontrar nos momentos críticos. Então seja LIVRE para analisar e decidir o que é realmente bom para você e seu bebê. Não se preocupe com o que os outros vão pensar, preocupe-se apenas em ser uma mãe feliz!

3 comentários:

  1. Thatiane P A Gelotte22 de junho de 2011 14:29

    Meu nome é Thatiane, sou casada a 8 anos e ganhei a 4 anos um lindo presente de Deus que é meu filhote chamado Gabriel, e também sou muito amiga da blogueira em questão rsrsr, como uma Mãe Livre também(ou quase livre rsrsr, passei por tudo isso, "conselhos" é o que não faltam, mas acredito que devemos seguir nossa intuição e instinto materno, que aflora dentro de nós a partir do momento que nos descobrimos grávidas. Rita adorei essa sua iniciativa em elaborar esse Blog para todas as mães que se julgam Livres, assim como nós, para participar e trocar experiências.

    Bjosssssss e amo muito vcs!!!!

    ResponderExcluir
  2. Estou muito orgulhosa de você minha irmã,primeiro por ter chegado á tão sublime percepção do "ser mãe" e ainda ajudar tantas mães que como nós mães de primeira,segunda ou como eu terceira viagem a entender que ser mãe se resume em amar e amar assim acertamos e erramos para acertarmos futuramente.O importante na maternidade é atender nossos instintos naturais que a cada faze de depura e mudam conforme o crescimento dos rebentos.Sendo eu mãe de 32 anos e três filhos com 13,9 e 2 sei bem que podemos contar com o velho instinto materno.Muitos beijos da Titia Kátia!!....haa e um(1) só beijo para você mãe do Arthur.Vá se acostumando com o tempo você será conhecida por Mãe do Arthur,ex:Quem?? A mãe do Arthur.Ou Quem ta aì?? A mãe do Arthur... e assim vai quem sabe isso vira tópicos para futuramente.

    ResponderExcluir
  3. Oi Rita, estou adorando seu blog. Será que tem dicas prame dar sobre assaduras? Minha bebê tem 4 meses e está sofrendo muitom já tentei mudar a pomada mas não funcionou e me disseram que é o meu leite porque ela só mama no peito ainda, será que faz sentido?
    obrigada Renata e Ruth(minha princeza)

    ResponderExcluir